Chris

Share your story

1996 Brazil

What were your feelings about doing the abortion/s?

How did you do the abortion?

Eu tinha 16 anos, e ele era meu primeiro namorado. Nunca tive muita liberdade de diálogo em casa, meus pais sempre tiveram vergonha em falar sobre sexo, e eu também tive medo deles proibirem meu namoro se soubesses que eu estava pensando no assunto. Então acabei iniciando minha vida sexual sem muito respaldo. Fazíamos o método da tabelinha e coito interrompido...o que todos sabem que não funciona como método contraceptivo. Após 4 meses, engravidei. Senti muitos enjoos e um medo absurdo de ter colocado minha vida "fora". Meu namorado, na época com 19 anos, conseguiu dinheiro e fomos a um ginecologista, que confirmou a gravidez e me mandou ao shopping comprar sapatinhos. Eu só chorava. Não conseguia me imaginar mãe, tinha medo da reação dos meus pais, não queria casar (meu namorado achou que casar seria a solução, mas eu nem gostava dele tanto assim), estava no meio do ano letivo, e tinha medo da reação que as pessoas teriam...tinha medo dos olhares, dos comentários, do preconceito que sofreria, do julgamento alheio. Passaram quase 3 meses e minha mãe, claro, notou que algo estava errado e abri o jogo. Em 3 dias meus pais encontraram a clínica, conseguiram o dinheiro e eu fui. A clínica ficava em uma casa totalmente acima de qualquer suspeita. Entramos, fiz um exame de toque, uma ecografia, e marcaram para o dia seguinte. Foi rápido. Lembro de acordar aliviada e envergonhada. Mas não vejo outra saída. Hoje, se engravidasse novamente, teria a criança, mas aos 16 anos, não via outra solução além do aborto. Me culpo, sim. Penso nisso até hoje, e acredito que não vá esquecer nunca. Peço perdão pela minha fraqueza e também pela coragem de passar por isso tão nova. Arrependimento, não tenho.

What was your situation at this time?

Did the illegality of your abortion affect your feelings?

Não

How did other people react to your abortion?

Apoiaram

legal/illegal

What is your religion?

Cristina Lima

Fiz um aborto.

Kate

and I'm so relieved

Ana Monteiro

Primeiramente, gostaria de dizer para você que procura por esses depoimentos

Sunny

To była moja druga aborcja. Jak się okazało, była dużo łatwiejsza, z…

inteldeath

It was the right decision, and it is my choice.

Na

Pois tenho direito de escolher o que é melhor pra mim! O importante é não se…

Estrella Triste Estrella

"Yo me salve"
Todo comenzó el 06 de junio cuando en un baño moribundo y…

Maria

Sou dona de mim.

Julia

Foi um pesadelo mas no final me senti mais aliviada

La mujer decide

La sororidad es el arma más fuerte entre mujeres

Weronika

Dzien w którym potwierdzila sie moja ciaza był jak wyrocznia... Mam dużo swoich…

Regina Powell

I had an abortion and I'm about to have another.

Angela

Pregnancy and abortion - what a trip.

Sun Flower

Me, and my guy friend had just found out I was pregnant, though he was super…

Joice

Já é difícil criar 2 filhos, não conseguiria lidar com um terceiro..

Maria

Ser mamá por elección, no a la fuerza.

Tina

I had an abortion when I was 15 years old. After my abortion, I went to college

Jess

I had two...it was not a hard decision, and I'm glad I did it. Now, I'm a…

Annelise

A maternidade como função obrigatória não é maternidade. Não é linda. Ser mãe…

Bee

I felt very guilty but relieved . I was way too young to be a mother.