Iolanda

Compartilhe a sua história

Ser solidária com quem abortou e defender a descriminalização jamais me fez pensar que um dia eu seria uma dessas mulheres. Até o dia em que comecei a sentir os sintomas de uma gravidez totalmente indesejada.

2013 Brasil

Quais foram seus sentimentos em relação ao aborto(s)?

Livre!

Como fez o aborto?

Foi mais tranquila do que eu imaginava! O local foi muito bem indicado para mim. Fui bem atendida por mulheres que foram extremamente compreensivas a atenciosas comigo o tempo todo. O procedimento todo durou aproximadamente 1h. Fui sedada e não vi nada do que aconteceu. Quando acordei, tudo estava resolvido e eu sentia uma dor na região pélvica semelhante a uma cólica menstrual. Meu sangramento foi o suficiente para encher um absorvente dos que estou acostumada a usar durante a menstruação e a recuperação total da sedação foi aproximadamente uns 30min. Pelos 7 dias seguintes, o sangramento se limitou a uma secreção semelhante ao que acontece nos últimos dias de menstruação e as dores foram diminuindo nos dias seguintes, ficando apenas com uma sensibilidade na região do útero. Mesmo sendo orientada a levar uma vida normal no dia seguinte, por precaução eu tentei ficar em repouso o máximo de tempo possível e evitei fazer esforço e levantar peso nos dias seguintes. Isso durou uns 3 dias.

Como era a sua situação nessa altura?

Não tenho vontade de ter filhos. Eu e meu parceiro estamos desempregados. Usamos preservativo e tomo contraceptivo de emergência quando o preservativo falha. Não sabemos o que aconteceu desta vez, mas a nossa vontade não é de termos filhos, pelo menos neste momento das nossas vidas. Adoramos crianças, mas sabemos o quanto elas dão trabalho e a responsabilidade que é colocar uma delas no mundo... E agora, não estamos preparados para isso e nos preveníamos como podíamos.

A ilegalidade de seu aborto afetou seus sentimentos?

Sim. Devido à ilegalidade, tive dificuldade para pedir ajuda. Não sabia quem me apoiaria e quem me criticaria por querer fazer isso. Tive vários medos: de ser descoberta, que minhas conversas na internet fossem interceptadas, que alguém me denunciasse, etc. O medo de algum imprevisto e que algo desse errado me acompanhou o tempo todo e confesso que apesar de tudo ter corrido bem, ainda estou um pouco apreensiva enquanto minha menstruação não chega, mesmo eu sabendo que isso ainda vai demorar uns dias...

Como as outras pessoas reagiram ao seu aborto?

Foram extremamente solidárias comigo. Contei apenas para poucas pessoas que eu confio e que de alguma forma puderam me ajudar. Então foram poucas que souberam. Todas me apoiaram e respeitaram minha decisão. Apenas ficaram preocupadas com a minha segurança sobre como eu faria o aborto.

lega/ilegal

Qual é a sua religião?

Ka

O dono do meu corpo e do meu destino sou eu, e não a sociedade hipócrita e…

Maru

Se puede acceder de forma legal

Virginie

À 32 ans, j'ai avorté parce que ce n'était pas le bon moment.

Irina

Cuando miro para atrás, más se afirma la certeza de que hice lo correcto.

Kamila

Ożyłam

Abril

Por un aborto libre, seguro y gratuito.

Paloma

Decidida, sin culpa ni arrepentimiento, soy fiel a mi misma.

María

Yo aborte

deedee

한국에 계신 분들 걱정마십쇼!! 낙심하시 마시고 자신을 믿으세요!

Ray

Toda mulher tem direito à um aborto seguro, não importa quais sejam seus…

Ania Kijawska

Mam dziecko, dom, męża zdecydowałam się na aborcję.

GabiD

Voltei a ser livre!!

Maria

Ser mamá por elección, no a la fuerza.

Priscila

Há 5 anos atrás fiz um aborto,e hoje vejo claramente que foi a melhor escolha e…

Jamie

And I am so happy! I am so lucky that I had the choice to have an abortion! The…

Constanza Arely

El ser madre debe ser una decisión, una de las mejores experiencias que vive…

Maca

Tuve suerte...