Inês

Deel je ervaring

Está tudo bem, estamos todas juntas.

2020 Portugal

How did you do the abortion?

Quero escrever para te tranquilizar. Se estás a ler isto é porque o meu processo foi o mais tranquilizante. Fui reencaminhada para o serviço nacional de saúde para a clínica dos Arcos, em Lisboa. O meu maior receio era que fossem negligentes, condescendentes, brutos. Foi uma bênção estar com profissionais de saúde tão bem formados, que não julgam, que te acalmam e não te fazem sentir menos mulher ou ser humano por isso. Porque como profissionais, e mulheres que são, percebem que nem todos os cenários são ideias para conceber um filho e nós estamos nesse direito. Inclusive a recepcionista da clínica, numa altura em que se decretou Pandemia, se esforçava para manter a calma, a simpatia, e muitas vezes as necessidades dela, para todas sermos atendidas com tempo. Escolhi cirurgia com anestesia geral. Não queria estar acordada. Sim, por medo. Apesar de tudo, é algo que vais sentir. Por mais calma e tranquila que te possam fazer sentir, os últimos momentos podem ser avassaladores. És levada para o bloco cirúrgico (se escolheres fazer como eu) e depois da parte péssima das agulhas, óbvio, e dos profissionais se certificarem que tudo está bem contigo, é uma questão de segundos até adormeceres. Embora eu tremesse como um cubo de gelatina num prato raso, fica calma, é um sono profundo e de repente acordas numa maca numa espécie de sala de recobro. Não te vou mentir... Esta sala tem mais 1/2/3 mulheres em recobro como tu, mas é isso que deves focar, como tu. Com dores (semelhantes às menstruais) que as enfermeiras tentaram apaziguar, algumas reagem à anestesia (VAI EM JEJUM COMPLETO, SEM ÁGUA INCLUSIVE), e cansadas. Depois, creio que deva ser a ação padrão pela clínica, dão-te um sumo de pacote para restabelecer as energias e um envelope com comprimidos para as dores. (quem nunca tomou medicamentos para as dores menstruais, certo?) E pouco depois poderás ir para casa. Agora importante: Descansa, recupera, dá-te tempo. Psicologica e fisicamente. Mesmo segura de que era o que queria fazer, mesmo rodeada de profissionais, e um círculo de amor em casa, isso não me impediu de sair daquelas portas e esvair-me em sangue. Sou professora, primária, sou louca por crianças, elas são a minha vida, mas sei que este momento foi o acertado e essa foi a minha força e certeza. E tu, terás que ter a tua. Força. P.s (Muito importante, na primeira consulta tive oportunidade de apresentar o meu caso fruto de negligência médica e afins e fui presenteada também com a informação surpresa de que a pílula do dia seguinte não é eficaz, e aparentemente grande parte dos casos como eu é fruto dessa falha de informação.)

Had de illegaliteit van je abortus invloed op je gevoelens?

O aborto é legal em Portugal.

legaal/illegaal

What is your religion?

lizbeth aparicio

I had an abortion yo quiero abortar porq no siempre se tiene calculadas las…

anonymous

My abortion story.

Na

Pois tenho direito de escolher o que é melhor pra mim! O importante é não se…

Luna

Lo hice en un país en el cual es ilegal, por lo que tuve que acceder al mercado…

Sarah

Oi, gente. Vim deixar o relato sobre o meu processo. É um pouco extenso porque…

Bree

It was the right decision just hard than i thought it would to deal with

Ewa Izabela

I am pro-choice

Paegan

I had a SUPER LATE abortion.

Andy

Decidí sobre mi futuro.

Sierra

I had to get an abortion after my Skyla IUD was placed improperly or slipped. I…

Leah Frida

Yo aborté! porque es mi derecho!

alessandra

I had an abortion

Regina Powell

I had an abortion and I'm about to have another.

Miriam

The 10 weeks I was pregnant were the happiest weeks of my life. My husband

Lucyna

Moja historia o ciąży, której nie mogłam donosić

Lucero Lucero

Creo que por fin tuve control de mi vida.

Maria

Eu havia acabado de sair de um relacionamento quase passional. Tive uma recaída…

Dolores Feffer

I had two.

No woman should ever have to justify a dessicion on her own body.