Alice Valentim

Deel je ervaring

Abortamos

2019 Brazil

Hoe voelde je je over de abortus?

How did you do the abortion?

Vim relatar a minha história com o intuído de quebrar os padrões que as pessoas colocam em relação ao aborto, mostrar que isso não acontece apenas com pessoas periféricas ou em relacionamentos desestruturados. O aborto atinge sim todas as classes sociais e qualquer tipo de relacionamento. Meu nome é Alice, tenho 18 anos, namoro com Jorge, que tem 20 anos. Quem olha pra mim e para o Jorge desde o começo do nosso namoro não nega que somos perfeitos, nos damos super bem, química incrível, somos um casal muito bonito em relação à aparência e atitudes. Nascemos em berço de ouro, estudamos nas melhores escolas desde pequenos e estamos cursando as melhores faculdades em relação à área que escolhemos. Temos pais super prestativos, atenciosos e carinhosos, nos apoiam em tudo, inclusive super apoiam nós dois juntos. Descobri a algumas semanas que estava grávida, minha menstruação não descia, e eu já estava sentindo alguns sintomas como os seios doloridos e embaixo da barriga também. Eu e meu namorado fomos comprar um teste, fizemos o Clearblue e logo quando coloquei o teste em contato com o xixi, apareceu rapidamente o resultado positivo. Naquele momento meu mundo desabou, eu entrei em desespero, não sabia como agir, o que fazer, entrei em prantos, mas meu namorado me abraçou, me consolou como nunca, disse que eu podia ficar calma, que ele ia me proteger, que eu não estava sozinha nessa. Ele sempre é extremamente cuidadoso comigo, nunca tomei anticoncepcionais, e ele sempre se preveniu, não sabíamos como tínhamos deixado acontecer. Meu namorado me disse que o que eu escolhesse ele iria me apoiar, que daria o melhor pra mim e para o bebê se ter fosse a minha escolha, que nós estamos juntos nisso. Porém, eu só pensava em como tínhamos sido ingratos com os nossos pais, que o investimento que eles tiveram e os planos tinham ido por água a baixo. Eu e Jorge sempre falávamos de filhos, que era o nosso sonho, mas não naquele momento. Então eu tive a decisão de não ter, Jorge se preocupou muito, sempre dizendo que tinha medo do que poderia acontecer com a minha saúde, e que ele não se perdoaria se algo acontecesse comigo, mas eu conversei muito com ele, disse que se eu estivesse com ele eu estaria bem e que nada de ruim iria me acontecer. Depois de muito conversar, começamos a procurar os métodos que estavam ao nosso alcance, mostrei então sobre os remédios abortivos para ele, que discordou na hora, disse que era extremamente perigoso para mim e que isso só seria a última das últimas opções, então, começamos a pesquisar sobre chás abortivos, passamos uma semana inteira testando todos os possíveis, mas isso só fez nós dois perdemos mais tempo, nada acontecia, nenhum dava certo. Até que eu virei para o meu namorado e disse que nós teríamos que comprar os remédios, mesmo sendo perigoso, mesmo correndo riscos, era o que eu realmente queria, ele mesmo preocupado disse que tudo bem, que iríamos atrás dos remédios. Começamos a procurar por diversos sites da internet, inclusive nesse site, mas como a demora seria grande optamos por vendedores daqui mesmo, até que procurei pelo nome “prostokos” e o Google me encaminhou para sites que tinham contatos de vendedores, anotamos todos os contatos e fomos chamando um por um para saber o mais confiável. Como eu estava de mais ou menos 3 ou 4 semanas optamos por comprar 4 comprimidos que custaram 600 reais, foram entregues em 1 dia apenas. Era uma sexta feira, fui ao salão fazer as unhas e assim que cheguei em casa fomos fazer o procedimento, eu e ele moramos no mesmo condomínio o que facilita tudo que precisamos fazer, havia 8 horas que eu estava em jejum (que é o que foi recomendado pelo vendedor) coloquei 2 comprimidos sublinguais que dissolveram em mais ou menos 20 minutos e depois introduzi 2 na vagina com ajuda de creme vaginal e aplicador, deitamos abraçados e esperamos o remédio fazer efeito, bateram exatos 30 minutos e começaram umas cólicas leves, meu namorado a todo tempo abraçado comigo me dando o maior conforto possível e sempre dizendo para mim descrever o que eu estava sentindo. Após mais ou menos 1h30min de cólicas leves a dor parou, aproveitamos então para ir á minha casa onde iríamos jantar, assim que chegamos fomos deitar novamente e as dores começaram a voltar, agora um pouco mais fortes e com poucos calafrios, mas muito suportável, tanto que eu disse que queria ir ao mercado e fomos, andei normalmente, meu namorado sempre com um cuidado a mais com medo que algo acontecesse. Assim que voltamos do mercado eu fui ao banheiro, quando sentei no vaso senti algo cair, era como se fosse um coágulo médio, e assim o sangramento ficou mais intenso, mas nada monstruoso como eu havia lido em alguns relatos, as dores estavam super suportáveis e meu intestino soltou bem pouquinho, acho que por ele ser naturalmente preso não acabou afetando tanto. Então como instrução do vendedor comecei a tomar a água inglesa, que havia sido recomendada assim que começasse o sangramento. Meu namorado passou a noite em casa, mas foi tudo tranquilo, o sangramento não era nada grande, as cólicas super suportáveis e nada de tão péssimo como eu havia lido que seria. Agora já faz alguns dias que fiz o procedimento, ainda estou tomando água inglesa 30ml 3x ao dia, o sangramento continua com fluxo pequeno para médio, cólicas bem pequenas. Daqui alguns dias farei o ultrassom para saber se deu tudo certo mas pelo que parece está tudo bem. Eu e meu namorado estamos psicologicamente bem, concordamos que tudo que passamos acabou nos unindo mais (o que achávamos impossível), ficamos triste não por termos feito isso, mas por ainda não ser o momento certo, ainda é nosso sonho ter filhos, ter uma família, viajar, seguir a nossa carreira, eu como veterinária e ele como engenheiro civil, são muitos planos, muitos investimentos de anos que perderíamos, ter uma criança seria egoísmo com nossa família, com quem confiou que seríamos os ideais. Nós dois seguimos bem, com o relacionamento mais forte do que nunca, mesmo pedindo perdão para Deus, acreditamos que foi a melhor escolha para nós e para a nossa família. Eu tive a enorme sorte de ter passado por isso com uma pessoa que me ama muito e que eu também amo, que soube lidar com a situação, me trouxe calma, segurança e me confortou, escolhemos não contar para ninguém, ficar apenas entre nós dois, mas resolvi compartilhar aqui o meu relato um tanto diferenciado da grande maioria.

What was your situation at this time?

Had de illegaliteit van je abortus invloed op je gevoelens?

Não

Hoe reageerden andere mensen op je abortus?

Isso só ficou entre eu e meu namorado.

legaal/illegaal

What is your religion?