Jéssica Santos

Ossza meg velünk történetét

Me submeti ao aborto!

2016 Brazil

What were your feelings about doing the abortion/s?

How did you do the abortion?

Bom, vou começar do início, pois foi lendo histórias detalhadas que tomei minha decisão. Tudo começou quando por um descuido eu e meu namorados fizemos relação sem preservativo, mas como seguia uma tipo de "tabelinha", verifiquei que não haveria problema com aquele dia. Até que houve o atraso (o que era normal para mim, pois não uso pílulas anticoncepcionais e vem um pouquinho desregulado), mas para o meu desespero, o atraso durou 3 semanas e foi aí que resolvi fazer um teste de gravidez (do tipo "fitinha" comum de farmácia) e então o baque -positivo-. Naquele momento meu mundo caiu, fiquei a chorar por muito tempo e dizendo para mim mesma que o teste havia dado errado, que eu -nãoestavagrávida- e assim se foi um dia todo e meu namorado do meu lado o tempo todo me acalmando. Passado uns dias resolvemos que faríamos um Beta HCG, e assim foi feito. Resolvi fazer o qualitativo, apenas para ter à certeza que -nãoestavagrávida- (esse era o meu pensamento) e para minha tristeza o exame veio com um POSITIVO enorme logo no começo da folha. Foi ai que coloquei na minha cabeça que aquela criança não poderia vir ao mundo, e o por quê? 1º que eu tinha 19 anos (agora 20) e me considerava muito nova para ter um filho; 2º estou cursando a faculdade e ainda faltam 3 anos para me formar; 3º tenho pais muito rígidos e sempre ouvi coisas horríveis deles quando se tratava de gravidez na adolescência e 4º por último e mais importante, eu sempre sonhei com casamento, família e filhos, mas tudo isso depois que eu me estabilizasse na vida, assim podendo sustentar esses sonhos e dar o suporte necessário para meu(s) filho(s), o que com 19 anos eu não poderia dar. Sendo assim falei com meu namorado sobre o assunto e ele negou de começo, disse que era horrível e que eu não faria isso com um filho(a) dele. Mas colocando meus pontos para ele, acabou que concordou comigo e viu que não era a hora certa para termos um bebê. Partindo dessa decisão, fui atrás de métodos abortivos e preferi de momento testar os meios naturais (chás de arruda, e afins) o que depois de 3 semanas não resultou em nada, o que já era de se esperar. Então resolvemos pesquisar sobre método de pílulas, (o que eu não queria pois tinha medo do que aconteceria comigo) e cheguei até esse site onde li e reli muitos depoimentos, muitos mesmo! Como já estava com algumas semanas de gravidez e quase ficando louca (pois parece que tudo em minha voltava se voltava para gravidez ou bebês) consegui achar a ong Women Help Women e "comprar" as pílulas abortivas. Demoraram uns 15 dias para chegar e logo que chegou a consultora online (que me ajudou desde antes de "comprar" as pílulas, até o o dia seguinte do aborto) já me mandou o modo de uso e outras coisas que eu precisava saber caso acontecesse algo fora do comum. Marquei para tomar as pílulas no dia de natal, e assim foi, estava na casa do meu namorado quando tomei as primeiras 4 pílulas (deixando dissolver debaixo da língua) e logo em seguida adormeci. Acordei passado umas horas e vi que já hora de tomar mais 2 (deixando dissolver debaixo da língua novamente) e foi ai que começou as primeiras reações, veio uma pontinha de sangue na calcinha e começou uma diarreia terrível que durou horas. Ao anoitecer tomei mais 2 pílulas e ai vem a parte pior, muita cólica, muita mesmo, eu me rolava no chão de tanta dor (aconselharam remédio para dor, mas resolvi não tomar por medo de cortar o efeito) e mais a noite as contrações, que começaram com um intervalo de 5 minutos e foi diminuindo até eu correr por banheiro e descer um balde de sangue de mim. Era muito sangue com coágulos enormes, tanto que eu não consegui em momento nenhum ver como eram os coágulos de tão grossa e vermelha que estava água no vaso sanitário. Fiquei sentada por uns 10 minutos e escutando o sangue cair, é igual uma torneira aberta, horrível. Quando diminuiu um pouco, coloquei um pano grosso na calcinha e fui deitar, mas o sangue não parava foi a noite inteira entrando e saindo do banheiro, teve um certo momento que algo desceu mas ficou preso, e ao puxar com as mãos e retirar vi tudo ficando preto e cai desmaiada, não sei por quanto tempo fiquei no chão, mas ao acordar a dor tinha passado e a quantidade de sangue reduzido 80%. Dormi e acordei 11h00 do dia seguinte sem dor nenhuma e o sangramento havia parado, o que achei bem estranho (em muitos depoimentos vi mulheres que sangraram 2 semanas seguidas após o aborto) e fiquei com a dúvida na cabeça, se havia dado certo ou não. Meu namorado para me acalmar dizia que sim, que havia saído e eu nem percebi pela quantidade de sangue, mas algo na minha cabeça dizia que não. 2 dias depois, ao tomar banho e completamente sem dor e sangue nenhum, resolvi fazer uma força (como se eu estivesse fazendo necessidade fisiológica) e caiu uma coisa do tamanho da palma da minha mão. Não identifiquei imediatamente, mas parecia uma placenta rompida com um "pedaço" de carne e o osso desfigurado, o que meu namorado diz até hoje ser o bebê deformado que estava nascendo dentro de mim. Passando isso parei com a paranóia e falava pra mim mesma -vocêabortou-. Não consegui fazer nenhum teste para confirmar pois meu medo foi maior e resolvi esperar a menstruação. O que para minha felicidade, veio normalmente 30 dias depois. Meu aborto ocorreu dia 25/12/2016 e já vieram as menstruações de janeiro e fevereiro normais, sendo assim concluo que ocorreu tudo bem e conforme a consultora havia dito. Sobre mim: não me sinto culpada e evito falar sobre, hoje estou realizada e feliz. (Diferente do meu namorado que não pode ver nada sobre bebês que acaba ficando muito triste). Se você esta lendo e pensando em praticar o aborto, pense bem e reflita se é a melhor opção para você e se não vai atrapalhar sua vida futura. Só saiba que você tem todo o direito de fazer o que quiser com seu corpo, como também decidir a vida de um bebê, pois ele sendo planejado, sua vida terá muito mais benefícios. Fique bem e beijos luz! ;*

What was your situation at this time?

Vajon az abortuszod törvénytelensége befolyásolta-e az érzéseidet?

Sim, um pouco.

Hogyan reagáltak mások az abortuszodra?

Apenas meu namorado sabe e ele me ajudou muito, do começo ao fim.

legal/illegal

What is your religion?

Debby

Então minha disponibilidade para este relato se fez para encorajar todas…

Sylvie Shene

A Life-Saving Experience Thank you for asking people to share their abortion…

Mandy Amanda

Hora de recomeçar

Emily Mars

O pesadelo de uma gravidez indesejada.

Gadzinka

Moja aborcja przemineła tak jak miała , wziełam tabletki potem dojadałam .

Claudiagyn

Aconteceu comigo.

Tais

A pior decisão

Abigail

2 miesiące po aborcji. Moje życie wróciło do normy. Jest dobrze..

Kamila

Ożyłam

Matka Winna

Moja historia

Ana

Fiz um aborto e não me arrependo. O meu desejo é que todas as mulheres tenham…

GabiD

Voltei a ser livre!!

Edyta

Nie wstydzę się tego, że jestem teraz szczęśliwa!!!

Eléonore Delmas

I had an abortion

Charlie

An abortion in an abusive relationship

xxx xxx

znów mogę cieszyć się życiem...

Sol

Macierzyństwo nie jest dla każdego

Mam już 30 lat, męża, stabilną sytuację…