Chris

Ossza meg velünk történetét

1996 Brazil

What were your feelings about doing the abortion/s?

How did you do the abortion?

Eu tinha 16 anos, e ele era meu primeiro namorado. Nunca tive muita liberdade de diálogo em casa, meus pais sempre tiveram vergonha em falar sobre sexo, e eu também tive medo deles proibirem meu namoro se soubesses que eu estava pensando no assunto. Então acabei iniciando minha vida sexual sem muito respaldo. Fazíamos o método da tabelinha e coito interrompido...o que todos sabem que não funciona como método contraceptivo. Após 4 meses, engravidei. Senti muitos enjoos e um medo absurdo de ter colocado minha vida "fora". Meu namorado, na época com 19 anos, conseguiu dinheiro e fomos a um ginecologista, que confirmou a gravidez e me mandou ao shopping comprar sapatinhos. Eu só chorava. Não conseguia me imaginar mãe, tinha medo da reação dos meus pais, não queria casar (meu namorado achou que casar seria a solução, mas eu nem gostava dele tanto assim), estava no meio do ano letivo, e tinha medo da reação que as pessoas teriam...tinha medo dos olhares, dos comentários, do preconceito que sofreria, do julgamento alheio. Passaram quase 3 meses e minha mãe, claro, notou que algo estava errado e abri o jogo. Em 3 dias meus pais encontraram a clínica, conseguiram o dinheiro e eu fui. A clínica ficava em uma casa totalmente acima de qualquer suspeita. Entramos, fiz um exame de toque, uma ecografia, e marcaram para o dia seguinte. Foi rápido. Lembro de acordar aliviada e envergonhada. Mas não vejo outra saída. Hoje, se engravidasse novamente, teria a criança, mas aos 16 anos, não via outra solução além do aborto. Me culpo, sim. Penso nisso até hoje, e acredito que não vá esquecer nunca. Peço perdão pela minha fraqueza e também pela coragem de passar por isso tão nova. Arrependimento, não tenho.

What was your situation at this time?

Vajon az abortuszod törvénytelensége befolyásolta-e az érzéseidet?

Não

Hogyan reagáltak mások az abortuszodra?

Apoiaram

legal/illegal

What is your religion?

chanel

I did it because as a female that is my right to control my body no man or…

Tha

Primeiro, Calma!

Vamos lá, tenho 31 anos um filho de 7.
Voltei a me relacionar…

xxx xxx

znów mogę cieszyć się życiem...

Aisling

Minor blip overcome thanks to Women on Web

Alex

Never felt so relieved in my life. I owe everything to planned parenthood and…

Jéssica

RELATO DE UM ABORTO BEM SUCEDIDO DE UMA MULHER SEM NOME:
Nunca pensei que…

Claudia Aviles

i had an abortion, and 10 years later i became a mother. you have the right to…

Katy Nunes

Meu corpo: minhas regras. Eu decido se e quando quero ter filho.

Liz Price

I had an abortion

Mulher

Uma escolha pra vida!

Alice

Bom, há algumas semanas eu já vinha desconfiando de uma gravidez, embora não…

wiki Kosik

Korzystaj z życia..Na dziecko, przyjdzie odpowiedni czas..

Carolina

Tenía 19 años. Estaba en una relación. Al mes de ponernos de novios me contó…

Dolores Feffer

I had two.

No woman should ever have to justify a dessicion on her own body.

Daisy

I had an abortion about seven years ago when I was 16. I was in an abusive…

Isabelle

Bom, estou escrevendo aqui pois os relatos de vocês que me deram forças. Eu não…