Chris

Partagez votre expérience

1996 Brésil

Quels étaient vos sentiments au sujet de faire l'avortement / s?

Comment avez-vous fait l'avortement?

Eu tinha 16 anos, e ele era meu primeiro namorado. Nunca tive muita liberdade de diálogo em casa, meus pais sempre tiveram vergonha em falar sobre sexo, e eu também tive medo deles proibirem meu namoro se soubesses que eu estava pensando no assunto. Então acabei iniciando minha vida sexual sem muito respaldo. Fazíamos o método da tabelinha e coito interrompido...o que todos sabem que não funciona como método contraceptivo. Após 4 meses, engravidei. Senti muitos enjoos e um medo absurdo de ter colocado minha vida "fora". Meu namorado, na época com 19 anos, conseguiu dinheiro e fomos a um ginecologista, que confirmou a gravidez e me mandou ao shopping comprar sapatinhos. Eu só chorava. Não conseguia me imaginar mãe, tinha medo da reação dos meus pais, não queria casar (meu namorado achou que casar seria a solução, mas eu nem gostava dele tanto assim), estava no meio do ano letivo, e tinha medo da reação que as pessoas teriam...tinha medo dos olhares, dos comentários, do preconceito que sofreria, do julgamento alheio. Passaram quase 3 meses e minha mãe, claro, notou que algo estava errado e abri o jogo. Em 3 dias meus pais encontraram a clínica, conseguiram o dinheiro e eu fui. A clínica ficava em uma casa totalmente acima de qualquer suspeita. Entramos, fiz um exame de toque, uma ecografia, e marcaram para o dia seguinte. Foi rápido. Lembro de acordar aliviada e envergonhada. Mas não vejo outra saída. Hoje, se engravidasse novamente, teria a criança, mas aos 16 anos, não via outra solução além do aborto. Me culpo, sim. Penso nisso até hoje, e acredito que não vá esquecer nunca. Peço perdão pela minha fraqueza e também pela coragem de passar por isso tão nova. Arrependimento, não tenho.

Quelle était votre situation à ce moment-là?

L'illégalité de votre avortement a-t-elle affecté vos sentiments ?

Não

Comment les autres personnes ont-elles réagi à votre avortement ?

Apoiaram

légal/illégal

What is your religion?

Aldana

Una decisión que se tiñe de lucha

Irina

Cuando miro para atrás, más se afirma la certeza de que hice lo correcto.

Emmy Smith

It was the best decision of my life

Edyta

Nie wstydzę się tego, że jestem teraz szczęśliwa!!!

Beth Smith

I was with my parter for three and a half years when i fell pregnant. I was…

Mandy Amanda

Hora de recomeçar

Valentina

Le pedí que me dejara...

Me había embarazado antes y había abortado, desde ese…

Mar Tina

Todo es muy reciente ... estoy recuperandome hace tan solo dos dias que sucedio.

CINTIA

Yo aborté y no me arrepiento de ello.

Marcela

Es más una historia de amor, que de un aborto pero posiblemente en algo te…

Sin GLORIA pero sin PENA

Yo soy dueña de mi jardín,YO RIEGO,YO CORTO.

Jess

This is something that was necessary for me but most definitely the hardest and…

Manuela L

E não me arrependo.

mary cry

pior momento de minha vida

Mulher

Uma escolha pra vida!

Julia

Uwolniłam się od piekła i zyskałam szansę na szczęście

Ashley Engbrecht

At the young age of 17, I was the victim of sexual assault. There is nothing…

Madison

Una lucha constante.