Chris

Comparta su experiencia

1996 Brasil

¿Cuáles fueron sus sentimientos acerca de hacer el aborto (s)?

¿Cómo hizo el aborto?

Eu tinha 16 anos, e ele era meu primeiro namorado. Nunca tive muita liberdade de diálogo em casa, meus pais sempre tiveram vergonha em falar sobre sexo, e eu também tive medo deles proibirem meu namoro se soubesses que eu estava pensando no assunto. Então acabei iniciando minha vida sexual sem muito respaldo. Fazíamos o método da tabelinha e coito interrompido...o que todos sabem que não funciona como método contraceptivo. Após 4 meses, engravidei. Senti muitos enjoos e um medo absurdo de ter colocado minha vida "fora". Meu namorado, na época com 19 anos, conseguiu dinheiro e fomos a um ginecologista, que confirmou a gravidez e me mandou ao shopping comprar sapatinhos. Eu só chorava. Não conseguia me imaginar mãe, tinha medo da reação dos meus pais, não queria casar (meu namorado achou que casar seria a solução, mas eu nem gostava dele tanto assim), estava no meio do ano letivo, e tinha medo da reação que as pessoas teriam...tinha medo dos olhares, dos comentários, do preconceito que sofreria, do julgamento alheio. Passaram quase 3 meses e minha mãe, claro, notou que algo estava errado e abri o jogo. Em 3 dias meus pais encontraram a clínica, conseguiram o dinheiro e eu fui. A clínica ficava em uma casa totalmente acima de qualquer suspeita. Entramos, fiz um exame de toque, uma ecografia, e marcaram para o dia seguinte. Foi rápido. Lembro de acordar aliviada e envergonhada. Mas não vejo outra saída. Hoje, se engravidasse novamente, teria a criança, mas aos 16 anos, não via outra solução além do aborto. Me culpo, sim. Penso nisso até hoje, e acredito que não vá esquecer nunca. Peço perdão pela minha fraqueza e também pela coragem de passar por isso tão nova. Arrependimento, não tenho.

¿Cuál era su situación en ese momento?

¿La ilegalidad del aborto afectó sus sentimientos?

Não

¿Cómo reaccionaron otras personas a tu aborto?

Apoiaram

lega/ilegal

Qué religión profesa?

Amanda

E não me arrependo, não se culpe por isso
Você é dona de si.
Eu sou bem jovem

Mireya Mireya

Y no siento culpa, dolor o pena se que aún sigue siendo tabú en México por la…

Macarena

Yo aborte , con oxapros en Buenos Aires tengo 24 años

Aline Santos

Momento de confusão e angústia em minha vida. Mais após muita reflexão vi que…

Lala ...

Um mal necessário.

Lucero Lucero

Creo que por fin tuve control de mi vida.

A.

Pomimo zastosowanej antykoncepcji, zaszłam w ciążę. Brałam tabletki.

H

I had two abortions by the time I was 23 and a third when I was 29. All…

Leopard

한국에 계신 여성분들 절대로 망설이지 마세요

SD

I had an abortion. It was in October of 2008, when I was 21. The guy I was…

Alice

Bom, há algumas semanas eu já vinha desconfiando de uma gravidez, embora não…

sogoodtobebad stassia

Dziewczyny ! nie bójcie się ! nie taki diabeł straszny jak go malują. Jeżeli…

Emmy Smith

It was the best decision of my life

Mulher

Uma escolha pra vida!

Dolores Feffer

I had two.

No woman should ever have to justify a dessicion on her own body.

Anônimo

Gostaria de começar dizendo que deu tudo certo!
Quando realizei meu aborto…

Karolina

Miałam aborcję

Ana Costa

Fiz o aborto com 7 semanas

Violet

la verdad nunca paso por mi mente que a mi me sucedería algo así, siempre pensé…