Giovanna Cardoso

Share your story

Giovanna

2019 Brazil

What were your feelings about doing the abortion/s?

How did you do the abortion?

Eu conheci o menino em uma festa que eu fui e foi no mesmo dia que transamos,não usamos camisinha mas ele não gozou dentro então não me preucupei.Continuamos conversando por um tempo e chegamos a ficar outras vezes mas não deu em nada,1 mês depois não tinhamos nenhum relacionamento ou contato.Minha menstruação atrasou 1 mês e meu corpo engordou rapidamente mas eu nem pensava na possibilidade,um dia eu passei muito mal voltando da escola e antes de ir pra casa decidir fazer um teste só pra ter certeza que não era nada,então deu positivo,eu não consegui acreditar e fiz outro que deu positivo novamente,fiquei sem chão e comecei a ter uma crise de pânico no banheiro da farmácia,só conseguia pensar que aquilo não podia tá acontecendo.Depois de muito choro e desespero fui contar pro menino e ele perguntou o que eu queria fazer,eu disse que nem pensava na chance de ter que chás abortivos deviam resolver,e no outro dia mesmo ele me deu canela e eu tomei chá o dia todo,depois de 2 dias que era pra ter descido a menstruação nada aconteceu e eu comecei a pesquisar todos os jeitos pra abortar e antes de tomar cytotec eu tomei todos os chás abortivos,fazia força na barriga,bebia e fumava,ficava dias inteiros sem comer e eu continuava com a gravidez mais saudável do mundo,foi quando eu peguei todos os contatos de gente que vendia cytotec e conversei com todos,pesquisei preços e quantas pílulas precisava tomar e como eu ainda tava com 1 mês ficariam 480 reais,eu iria pagar 200 reais e o menino pagaria o resto,mas ele simplesmente mudou de ideia e falou que achava muito perigoso e não queria que eu tomasse,a partir tudo ficou mais difícil porque eu continuava decidida e agora tinha que fazer tudo sozinha.Depois de muito custo consegui os 480 reais e depositei pra mulher e ela simplesmente não mandou o remédio e depois de uma semana falando que me mandaria ela sumiu,nisso além de estar sozinha não tinha mais dinheiro,me vi dependendo do menino e fui falar com ele e graças a Deus ele mudou de ideia e resolveu me ajudar,eu ja estava com 12 semanas e o preço e a quantidade de pílulas só aumentavam,agora já eram 1080 reais e depois de muito esforço conseguimos o dinheiro,eu dei uma entrada de 400 reais e ele pagou o resto,pagamos tudo numa quinta,e na segunda a mercadoria já havia chegado,após alguns problemas no endereço,finalmente estava com o remédio nas minhas mãos e foi um começo de alívio.Fiquei 12 horas de jejum e as 6 da manhã coloquei 4 comprimidos debaixo da língua,esse não era o jeito que a moça havia me orientado mas eu li explicando que tomando a medicação de modo sublingual não deixariam restos no corpo e assim eu poderia ir ao hospital e falar que era um aborto espontâneo caso houvesse complicações,depois de 1 hora eu sentia dores leves mas nada de sangramentos,fiquei nervosa e coloquei mais 2 comprimidos,as dores ficavam intensas mas logo paravam,e depois de mais 1 hora eu coloquei os últimos 2 comprimidos,eu comecei a sentir as contrações e tive uma diarreia muito forte,fiquei preocupada de ter tirado o remédio do meu corpo mas a moça falou que era um sintoma normal e eu devia aguardar o sangramento,as 12:09 eu tive o primeiro sangramento e foi uma sensação imensa de alívio,as dores passaram e depois de 1 hora eu senti o feto descer,tirei a calcinha e ele veio inteiro e formado pendurado entre as minhas pernas,como eram 3 meses de gestação ele já estava bem formado(o que significa que tudo que eu fiz antes tentando abortar não teve reação nenhuma),os bracinhos,as perninhas,conseguia ver as costelas se formando e os olhinhos bem grandes,confesso que ver o feto foi a pior parte,você sente uma dor e um vazio,eu sentei no chão e sentia dor e sangrava e liberava restos mas eu só conseguia prestar atenção no feto,depois de 1 hora tirei do chão do meu quarto,enrolei num papel e dei descarga.Durante o dia eu sangrava como se fosse uma menstruação no dia mais intenso mas estava bem.Comecei a tomar água inglesa e na teoria deveria ficar 2 dias de repouso,mas no outro dia ja me sentia bem pra sair e fui em shows que tavam tendo na minha cidade.Eu me sentia bem melhor,aliviada,meu corpo já estava voltando ao normal e conseguia voltar a viver minha vida,quando na quinta eu fui ao banheiro e sinto descer outro feto,eu fiquei em choque,conversei com a mulher que me vendeu as pílulas e ela disse que o remédio não estava mais no meu corpo e eu devia fazer força pra tirar o outro feto,eu fiz toda a força do mundo mas só saia a cabecinha,eu mesma puxei com a mão e por ser muito sensível ele se desfez inteiramente e saiu uma parte,eu sabia se tinha restos em mim mas imaginei que sairia com o tempo e não fui ao médico e nem contei pro menino,depois de um dia comecei a sentir cólicas,febre de 39º,diarreia,eram todos os sintomas de um aborto,mas continuei em casa e resolvendo sozinha por medo de descobrirem e ter problemas judicias,no domindo tive sangramentos contínuos por 5 horas,sangramentos bastantes intensos e com pequenos pedaços do outro feto,eu sentia que estava morrendo,na segunda-feira de manhã já não conseguia mais andar de dor,tomar água fazia meu corpo doer,e o cheiro do sangue que saia de mim fedia minha casa inteira,mesmo com medo dos riscos de descobrirem eu fui ao médico,quem me atendeu foi uma ginecologista que ao me examinar,quando sentiu o cheiro e viu onde estavam acontecendo as dores no meu corpo deu a certeza que era infecção urinária e uterina,me receitou 5 antibióticos e disse que no outro dia eu estaria bem,eu não acreditava porque por ter restos dentro do meu corpo achei que só se resolveria com uma curetragem,mas mesmo assim voltei pra casa e tomei todos os remédios.No outro dia acordei com muita dor mas que ao tempo foi aliviando e a tarde eu já estava bem melhor,foi uma sensação única de renascimento,eu vi a morte e com 15 anos passei por um aborto gêmeos,sendo um induzido e um espontâneo,como poderia sair bem dessa?Não tenho explicações pra isso.Na mesma semana já voltava a minha vida normal e por mais que meu psicológico se abalasse muito por pensar que eram gêmeos a sensação de que eu fiz o certo prevalecia e prevalece.

What was your situation at this time?

Eu tinha 15 anos e só tinha ficado com o menino duas vezes,não tinha a menor base de ter um filho nessas condições

Did the illegality of your abortion affect your feelings?

me fez sentir medo do menino ou da minha família serem presos

How did other people react to your abortion?

Eu contei apenas para os amigos mais próximos e pro pai do feto,foram reações diferentes que mudaram varias vezes durante o processo,no começo não tive apoio mas depois deu tudo certo

legal/illegal

What is your religion?